quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Orando preventivamente

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ontem, retornamos à Petrópolis, após o cumprimento mais esta missão: a de oficiar o casamento de Abraão e Camila e pregar na IMW do Valão (não sem antes contar bênçãos, em roda de amigos, na casa do Pb Levi e família). Em certas ocasiões, e de um modo bem especial, agradeço ao Senhor por achar graça em mim e por me aceitar no lugar de oração - lugar onde recebo unção, provisão e resposta. Ao longo da vida, venho percebendo que a vida impõe um ritmo geralmente desfavorável. Por isto, como sempre tenho dito e repetido, é que a oração preventiva pode nos favorecer em tempos difíceis.

Em meu ministério pastoral percebo que são muitos os cristãos, que muito pouco (ou quase nada) se valem o recurso, dado pelo próprio Deus - da oração preventiva. Agem como se não dependessem de Deus para lidar com as realidades inesperadas. Geralmente, são estes crentes que acabam por ter que fazer orações remediais... Pois o mal sempre encontra algum meio de se aproximar e fazer estrago. Sei que não podemos evitar o bater do vento forte; mas, podemos nos preparar para sua chegada orando preventivamente. Verdade é que, para vencer na vida, devemos orar sempre e nunca esmorecer.

Esta é uma valiosa exortação bíblica:

"E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer, Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava o homem. Havia também, naquela mesma cidade, uma certa viúva, que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito. E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?"
(Lucas 18:1-8)

E foi o próprio Jesus quem a fez.

Gosto desta canção em forma de oração, entoada por Cassiane:
https://youtu.be/9zB4rUQ0MV4

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário