sexta-feira, 14 de abril de 2017

Barquinho sobre as ondas

A imagem pode conter: céu, texto, natureza e atividades ao ar livre

Me levantei para orar... Orar por meu amigos e desafetos; pelos que me amam e pelos que me afligem; enfim... Orar e orar (e se você pensa já ser bastante, ore uma vez mais). Pedi a Deus que me dê mente lúcida, para saber o que dizer e responder; e coração sensível, para distinguir Sua voz em meio às vozes que soam ao meu redor. Então me senti como um barquinho, com sua vela enfunada pelo vento (do Espírito), a leva-lo sempre em frente; e cujo leme (a Palavra de Deus) há de guia-lo ao rumo certo. Senti quebrantamento ao orar. Glória a Deus!

Aproveitei para orar pela vigília que Maria Célia e eu presidiremos, hoje a noite, no templo da IMW de Aveiro. Nesta sexta chamada "da paixão" (em alusão ao sacrifício de Cristo); pois não há lugar melhor para se passar a noite, que um templo cristão evangélico (assim penso eu). Ah... Também pedi ao Senhor sabedoria, para lidar com minhas inseguranças e incertezas; especialmente sendo os nossos dias tão confusos. Me ergui do lugar de oração, convencido de que viver para Deus e esperar em Deus, serão as coisas mais importantes a serem feitas.

Que belo salmo é este: "Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor. Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira." (Salmos 40:1-4). Enquanto nós aqui vivermos, viver e esperar no Senhor vai valer a pena!

Como esta canção traz calma ao coração! Glória a Deus!
https://youtu.be/VN7B7C5-Z40

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário